Lições para enfrentar e vencer qualquer adversário

Lições para enfrentar e vencer qualquer adversário

LIÇÕES PARA ENFRENTAR E VENCER QUALQUER ADVERSÁRIO

TEXTO: I Samuel 17:1-58

INTRODUÇÃO:

Através de um estudo que lí, aprendi a olhar numa perspectiva diferente a batalha narrada na Bíblia no Capítulo 17 do Primeiro livro de Samuel, que descreve a luta de um Gigante chamado Golias contra um rapazinho chamado Davi. Esta história é conhecida no mundo inteiro, porém ela não se configura aos olhos da maioria das pessoas, num reconhecimento da Glória de Deus, que foi quem capacitou Davi a vencer a luta; mas apenas da vitória de jovem Israelita pastor de ovelhas, sobre um soldado Filisteu gigante chamado Golias.

Esta história não ficou registrada na Bíblia, para que as honras e glórias deste feito fossem dadas exclusivamente à Davi, inclusive ele nem buscava isso; mas principalmente, para que todos deem honras e Glórias ao Deus de Davi, ao Deus de Israel, que é o único e verdadeiro Deus vivo, o Criador e Sustentador de todo o Universo!

Quando usamos nossos dons e talentos que nos foram dados por Deus, para a nossa própria honra e glória, podemos até alcançar conquistas nesta vida; mas não estaremos cumprindo o propósito para o qual fomos criados, que é honrar e exaltar Àquele que nos deu tudo que somos, e nos capacitou a conquistar tudo que temos!

Vamos extrair lições que tanto Deus quanto Davi quiseram nos passar através deste acontecimento, e que vão nos ajudar a enfrentar e vencer os gigantes que se apresentarem na nossa vida.

VAMOS ÀS LIÇÕES:

 

1) Andar com Deus

Versos 1 e 2 – “Os filisteus se reuniram para lutar em Socó, uma cidade de Judá. Acamparam num lugar chamado ‘Fronteira Sangrenta’, entre Socó e Azeca. Saul e os israelitas se juntaram, acamparam no vale do Carvalho e se prepararam para lutar contra os filisteus.”

Por maiores, melhores, ou mais capazes que sejamos, se não temos Deus ao nosso lado, estamos fadados ao fracasso.

Golias com certeza foi treinado e preparado para enfrentar um exército inteiro se necessário fosse; com certeza também ele lutou e venceu muitos inimigos em muitas batalhas. Golias tinha 3 metros de altura e era o soldado mais forte, mais preparado, e o mais experiente de todos; só que estava do lado errado! O povo Israelita naquele tempo, era o único povo comprometido com Deus.

Quando não andamos com Deus, do jeito de Deus, mais cedo ou mais tarde vamos sentir um tremendo de um vazio, e mesmo conquistando tudo que um ser humano possa conquistar, estaremos fadados ao fracasso; mesmo que só nós e Deus saibamos disso.

Não dar o primeiro lugar para Deus na nossa vida, é lutar contra Ele!

2) Obedecer aos comandantes e por em prática as estratégias determinadas

Verso 2 – “Saul e os israelitas se juntaram, acamparam no vale do Carvalho e se prepararam para lutar contra os filisteus. Os filisteus pararam no monte que ficava de um lado do vale, e os israelitas ficaram no monte do outro lado.”

Para vencer uma batalha é preciso se submeter a orientações, ordens, regras sem as quais podemos ser facilmente derrotados! Para tudo na vida precisamos de superiores nos ajudando e de estratégias.

O exército havia treinado, se preparado, e se posicionou estrategicamente para a batalha, mas só isso não basta!

3) Não se intimidar ou se impressionar com o tamanho ou capacidade do adversário

Versos 4 à 7 – “Um homem chamado Golias, da cidade de Gate, saiu do acampamento filisteu para desafiar os israelitas. Ele tinha quase três metros de altura e usava um capacete de bronze e uma armadura também de bronze, que pesava uns sessenta quilos. A lança dele era enorme, muito grossa e pesada; a ponta era de ferro e pesava mais ou menos sete quilos. Na frente dele ia um soldado carregando o seu escudo.”

É preciso observar e estudar o adversário; observar os pontos fracos, mas não desprezar os pontos fortes; visando achar os meios e estratégias para derrotá-lo; mas não se intimidar! Quando entramos numa batalha, seja no esporte ou na vida; precisamos ter controle emocional, foco e se concentrar no que é preciso fazer!

4) Não deixar o adversário ganhar no grito

Versos 8 à 11 – “Golias veio, parou e gritou para os israelitas: — ‘Tem home aí?’; e isto por 40 dias, pela manhã e à tarde! Por que é que vocês estão aí, em posição de combate? Eu sou filisteu, e vocês são escravos de Saul! Escolham um dos seus homens para lutar comigo. Se ele vencer e me matar, nós seremos escravos de vocês; mas, se eu vencer e matá-lo, vocês serão nossos escravos. Eu desafio agora o exército israelita. Mandem alguém para lutar comigo!”

O preparo é antes, mas a batalha é lá dentro das quatro linhas, no Octógono, no Tatame, na pista e nas batalhas da vida! Porém não podemos perder no grito. Esta batalha reflete o que acontece no mundo espiritual.

É na arena que se decide a batalha; se aceitar as provocações e entrar no jogo do adversário, provavelmente vai ser derrotado. Não permita que a força do mal roube a tua alegria; ‘ele jogou aonde’?

5) Não pipocar

Verso 11 – “Quando Saul e os seus soldados ouviram isso, ficaram apavorados.”

Aceitar e encarar de frente os desafios que se apresentam em todos os momentos da batalha, sem ceder ao medo. Todo ser humano normal tem medo, quem disser que não sente medo é mentiroso; o problema é se deixar vencer pelo medo; isto corroí e destrói!

Quem tem o Amor de Deus em seu coração e já desfruta deste amor, não se entrega ao medo, porque o Amor perfeito lança fora todo medo.

Pipoca , no time de ninguém joga, muito menos no time de Deus!

6) Se você perder a batalha na sua mente, vai perdê-la no campo também

Versos 21 à 24 – “O exército dos filisteus e o exército dos israelitas tomaram posição de combate, um de frente para o outro. Davi deixou as coisas com o oficial encarregado da bagagem e correu para a frente de batalha. Chegou perto dos seus irmãos e perguntou se estavam bem. Enquanto Davi estava falando com eles, Golias avançou e desafiou os israelitas, como já havia feito antes. E Davi escutou. Eles diziam: — Olhem para ele! Escutem o seu desafio! Quando os Israelitas viram Golias, todos fugiram cheios de medo”

É preciso confiar em Deus e no próprio potencial. Se você não acreditar em você, quem vai acreditar; e o adversário ao perceber isso cresce!

Encarar os desafios de frente, por mais difícil que pareça ser. Mesmo que os outros, ou você mesmo imagine que não tem força suficiente para superar os adversários, não fuja da batalha; com Deus o impossível se torna possível. Saul e todo o seu exército não acreditaram nem neles mesmos.

7) O olhar de um derrotado

Conhece aquele pessimista: ‘tudo sempre vai dar errado!’

Verso 24 – “Eles diziam: — Olhem para ele! Escutem o seu desafio! Quando os Israelitas viram Golias, todos fugiram cheios de medo”

Dependendo de como você olha para o seu adversário, você pode sair como vencedor ou vencido, antes da batalha começar!

O exército inteiro inclusive os seus comandantes, olhavam para o tamanho da cabeça, das pernas, dos braços, da armadura, da lança, etc., de Golias e achavam impossível derrotá-lo.

8) Vislumbrar a recompensa pela vitória, sem jamais perder o foco

Versos 25 à 27 – “Quem matar esse filisteu receberá uma grande recompensa: o rei lhe dará muitas riquezas, lhe dará sua filha em casamento, e a família do seu pai nunca mais vai ter de pagar nenhum imposto. Então Davi perguntou aos soldados que estavam perto dele: — O que ganhará o homem que matar esse filisteu e livrar Israel desta vergonha? Afinal de contas, quem é esse filisteu pagão para desafiar o exército do Deus vivo? Aí eles lhe contaram o que ganharia quem matasse Golias.”

Davi queria saber da recompensa por derrotar Golias sim, mas o que mais importava para ele, era honrar à Deus e à sua pátria que estava sendo desafiada!

A família livre de impostos, benefício financeiro é bom, sim; mas esta não era sua principal motivação, mas sim honrar ao seu Deus e Glorificá-lo.

9) O pior inimigo, é aquele que está dentro da nossa própria trincheira

Versos 28 à 33 – “Eliabe, o irmão mais velho de Davi, ouviu-o conversando com os soldados. Então ficou zangado e disse: — O que é que você está fazendo aqui? Quem é que está tomando conta das suas ovelhas no deserto? Seu convencido! Você veio aqui só para ver a batalha! — O que foi que eu fiz agora? — perguntou Davi. — Será que não posso nem fazer uma pergunta? Então Davi fez a mesma pergunta a outro soldado. E ouviu a mesma resposta. Alguns soldados ouviram o que Davi tinha dito e contaram a Saul. Então ele mandou chamar Davi. Davi chegou e disse a Saul: — Meu senhor, ninguém deve ficar com medo desse filisteu! Eu vou lutar contra ele. Mas Saul respondeu: — Você não pode lutar contra esse filisteu. Você não passa de um rapazinho, e ele tem sido soldado a vida inteira!”

Os próprios irmãos de Davi e até o Rei Saul tentaram desencorajá-lo; mas ele não desistiu!

Há vozes que falam dentro de nós, precisamos discernir se é vós da carne, do maligno, do mundo perdido ou se é a voz de Deus. O mais difícil é vencer aqueles que estão do nosso lado e traem ou decepcionam, do que inimigos declarados!

Jesus disse: “Nenhuma casa dividida contra si mesmo resistirá.”

10) Na hora do “vamo vê” é que descobrimos quem é quem

Versos 34 à 36 – “Meu senhor, — disse Davi — eu tomo conta das ovelhas do meu pai. Quando um leão ou um urso carrega uma ovelha, eu vou atrás dele, ataco e tomo a ovelha. Se o leão ou o urso me ataca, eu o agarro pelo pescoço e o golpeio até matá-lo. Tenho matado leões e ursos e vou fazer o mesmo com esse filisteu pagão, que desafiou o exército do Deus vivo.”

Um homem vencedor tem que estar disposto a botar a cara pra bater, mesmo que os outros se encolham. No futebol dizemos que jogador que faz chover nos treinos, mas não joga nada nos dias de jogo, é leão de treino!

11) Coragem e fé em Deus

Versos 45 à 47 – “Davi respondeu: — Você vem contra mim com espada, lança e dardo. Mas eu vou contra você em nome do Senhor Todo-Poderoso, o Deus dos exércitos israelitas, que você desafiou. Hoje mesmo o Senhor Deus entregará você nas minhas mãos; eu o vencerei e cortarei a sua cabeça. E darei os corpos dos soldados filisteus para as aves e os animais comerem. Então o mundo inteiro saberá que o povo de Israel tem um Deus, e todos aqui verão que ele não precisa de espadas ou de lanças para salvar o seu povo. Ele é vitorioso na batalha e entregará todos vocês nas nossas mãos.”

Se vai para uma batalha em nome do Senhor e para a honra e Glória Dele, então a batalha pertence à Ele; pode ir com coragem, pois mesmo que todos fujam ou não acreditem, que você pode vencer, porque um homem com Deus, sempre será maioria!

12) Usar as armas que sabe manusear

Versos 38 à 40 – “Pois bem! — respondeu Saul. — Vá, e que o Senhor Deus esteja com você! Então deu a sua própria armadura para Davi usar. Pôs um capacete de bronze na cabeça dele e lhe deu uma couraça para vestir. Davi prendeu a espada de Saul num cinto sobre a armadura e tentou andar. Mas não conseguiu porque não estava acostumado a usar essas coisas. Aí disse a Saul: — Não consigo andar com tudo isto, pois não estou acostumado. Então Davi tirou tudo. Pegou o seu bastão, escolheu cinco pedras lisas no ribeirão e pôs na sua sacola. Pegou também a sua funda e saiu para enfrentar Golias.”

Seja você mesmo! Não queira ser quem não é e fazer coisas que não sabe; não inventa!!!

Numa batalha, não queira fazer coisas que não domina. Tentaram por armadura,e dar espadas e lanças para Davi, mas isso não daria certo, ele não estava treinado para fazer as coisas daquele jeito. Do feito que Deus te fez, ele irá te usar!

13) Nunca despreze um adversário

Versos 41 à 44 – “Quando chegou perto de Davi, Golias olhou bem para ele e começou a caçoar porque Davi não passava de um rapaz bonito e de boa aparência. Aí disse a Davi: — Para que é esse bastão? Você pensa que eu sou algum cachorro? Em seguida rogou a maldição dos seus deuses sobre Davi e o desafiou, dizendo: — Venha, que eu darei o seu corpo para as aves e os animais comerem.”

Golias olhou e desprezou o pequeno e magro Davizinho, e o resultado todos sabemos.

14) Quando a vitória na batalha é do interesse de Deus, a batalha é Dele

Versos 45-47 – “Davi respondeu: — Você vem contra mim com espada, lança e dardo. Mas eu vou contra você em nome do Senhor Todo-Poderoso, o Deus dos exércitos israelitas, que você desafiou. Hoje mesmo o Senhor Deus entregará você nas minhas mãos; eu o vencerei e cortarei a sua cabeça. E darei os corpos dos soldados filisteus para as aves e os animais comerem. Então o mundo inteiro saberá que o povo de Israel tem um Deus, e todos aqui verão que ele não precisa de espadas ou de lanças para salvar o seu povo. Ele é vitorioso na batalha e entregará todos vocês nas nossas mãos.”

Quando é assim, pode confiar nas suas capacidades, mas pode também confie em Deus; Ele vai à frente! Com Deus ao seu lado, e fazendo as coisas para honrar e glorificar aquele que lhe deu todas as capacidades que possui; pode contar com a intervenção Dele à seu favor.

15) O olhar de um vencedor

Verso 48 – “Então Golias começou novamente a caminhar na direção de Davi, e Davi correu rápido na direção da linha de batalha dos filisteus, para lutar contra ele.”

O exército Israelita olhava para o tamanho das pernas, o tamanho dos braços, da lança e da cabeça de Golias, e ficavam apavorados de medo. Já Davi, olhava para o tamanho de Golias, mais especialmente o tamanho da sua cabeça e pensava: “Jamais eu erraria uma pedrada numa cabeça desse tamanho!”

Dependendo de como olhamos nosso adversário, sairemos como vencedores ou derrotados numa batalha.

16) Use as habilidades que Deus te deu

Verso 49 – “Enfiou a mão na sua sacola, pegou uma pedra e com a funda a atirou em Golias. A pedra entrou na testa de Golias, e ele caiu de cara no chão.”

Faça o “feijão com arroz” bem feito, use aquilo que treinou para fazer, aquilo que lhe é nato, que foi preparado; e tenha fé em Deus. Se você tiver que usar um estilingue para derrotar um gigante porque sabe usar bem o estilingue, não queira usar armaduras, espadas, lanças, etc; use suas habilidades. Devemos ajudar a todos com nossas habilidades, olhar para o bem de todos; mas fazer a minha parte bem feito e com responsabilidade, para não comprometer todo o resultado da batalha. Podemos nos complicar querendo fazer o que não sabemos.

17) Não basta tontear o adversário achando que com isso já venceu a batalha, a batalha só termina quando o adversário estiver completamente derrotado

Davi derrubou Golias com a pedrada, mas cortou a sua cabeça como prova cabal de que o havia vencido.

Verso 51a – “Então Davi correu, ficou de pé sobre Golias, tirou a espada dele da bainha e o matou, cortando com ela a cabeça dele. E assim Davi venceu Golias e o matou apenas com uma pedra.”

18) Não se decepcionar e nem desanimar se você tiver que tomar a iniciativa sozinho

O Rei do povo de Israel e todo o seu exército, só tiveram coragem de lutar, depois de terem visto Davi enfrentar e derrotar o gigante Golias.

Versos 51b à 52 – “Quando os filisteus viram que o seu herói estava morto, fugiram. Aí os soldados de Israel e de Judá correram atrás deles, gritando, e os perseguiram até a cidade de Gate e até os portões de Ecrom. Os filisteus caíram feridos pela estrada de Saaraim, até Gate e Ecrom.”

Um verdadeiro vencedor nunca recua em meio à uma batalha, mesmo que todos lhe deixem sozinho!

CONCLUSÃO:

Enfrentamos ou enfrentaremos mais cedo ou mais tarde muitos gigantes; mas através desta passagem Bíblica aprendemos várias dicas de como ter a ajuda de Deus para vencê-los; sejam nos campos, nas pistas, nos octógonos; ou nas situações da própria vida!

No futebol dizemos: “Se quer conquistar alguma coisa, tem que matar um leão por dia!”

Costumo dizer para um atleta que quer ser vencedor, que não basta mais dar o seu 100% nos treinos e/ou jogos, isto já tem aos montes por aí; é preciso dar no mínimo 120%, e isto vale para dentro e fora do campo!

Não esqueçamos, que vencedor não é aquele que ganha sempre, mas aquele que não desiste nunca!

Quando a vitória é para a Glória Daquele que nos criou, Ele tem prazer em nos abençoar!

Que Deus lhe abençoe caro leitor,
Com carinho,
Capelão Anselmo Alves